Tuesday, August 25, 2009

Lollapalooza 09- best of day 2

Meu Lollapalooza foi meio assim.

Na primeira noite cheguei super tarde, atrasada, sem credencial nem ingresso.

Mais uma vez contando com o Deus padroeiro dos festivais de rock que normalmente me ajuda e faz tudo dar certo. Mas dessa vez os ingressos esgotaram e eu só conseguir entrar porque um santo cambista (o último da cidade de Chicago aparentemente) ficou com pena da minha cara de choro e me conseguiu um ingresso. E eu entrei 10, DEZ minutos antes do Kings of Leon começar. Meu 1o dia do Lollapalooza foi só um show. Mas tudo bem porque era o deles.

Day 2

No sábado mais quente do ano, Miike Snow foi o 1o show e a revelação mais comentada pela brasileirada que tava ali.





Ida Maria também surpreendeu, mas pelo tanto que ela engordou e embarangou. A voz dela segura o show, mas a performance parecia meio insegura, cansada.


No palco principal, Arctic Monkeys entrou com Alex Turner de regatinha justa e bem humorado. Para um inglês. Fizeram um show bem parecido ao do All Points West, uma semana antes. A reação do público americano também foi parecida– que só empolgou mesmo com Fluorescent Adolescent e I bet you look good on the dancefloor- apesar de eu gostar mais das músicas novas a cada show que vou.


Santigold lotou o 2º palco, enquanto Glasvegas faziam um show bem lindo do outro lado. Perto estava a Likke Ly, que a cada show fica mais diva-sexy. Tv on The Radio foi incrível de novo.

Yeah Yeah Yeah fechou a noite com Karen O, fantasiada de galinha (ou índia), sendo a pessoa mais feliz e meiga do Lollapalooza, irreconhecícel pra quem viu a fase louca de uns anos atrás. Emocionada por estar substituindo o Beastie Boys e falando que não acreditava que estava ali.

Mas o mais legal de TUDOOOO: durante o show do YYY umas tradutoras de surdo-mudo fazem a tradução das músicas pra galera. Olha como fica Zero:



* Amanhã conto de Jane`s Addiction, Friendly Fires, Passion Pit, Deerhunter, Band of horses, etc. ufa.

2 comments:

robfarah said...

Meu roteiro no segundo dia foi praticamente o mesmo e, a julgar pelo ângulo do vídeo, estava do seu lado no ótimo show do Miike Snow.
Os melhores do dia foram YYY e Glasvegas.
As tradutoras para a linguagem de sinais participavam de todos os shows que encerravam as noites nos palcos principais. No Kings of Leon, Depeche Mode (segundo um amigo) e Killers também estavam lá.
O YYY foi mais ou menos assim:
http://www.youtube.com/watch?v=vPNPiyKYi1g

Ange said...

Ouvindo Orally Fixated, apertei o primeiro vídeo e o catador, em qualquer ponto da música, acompanha com o pé a baseline da músicaaaaa!!!