Saturday, January 24, 2009

Sleepyhead

O ano comecou, ja ja chega Fevereiro e a sensacao que eu tenho e de que se eu nao registrar, daqui a pouco e 2010. O furacao de coisas acontecendo a minha (e sua) volta deixou uma sensacao de anestesia, de assistir a vida atraves de uma janelinha em camera lenta.

Vai ver e o inverno, sabe. Winter blues.

Mas entao. Tem umas coisinhas que eu quis colocar no blog, expressar opiniao, enturmar nos papos do Twitter e acabei nao fazendo por preguica.

Por exemplo, Oscar, Golden Globes, Award Season em geral.

Cara, nao achei Benjamin Button aquela coisa, nao. O filme e bom, so nao me surpreendeu. Achei que com Brad Pitt, Cate Blanchett, quilos de maquiagem e uma historia assim, curious, nao tinha como ser ruim.

A minha surpresa veio com The Wrestler, o filme que trouxe o deformado Mickey Rourke pra debaixo do holofote. Todo dia eu ainda me pego pensando em uma ou outra cena em que ele me fez chorar ou de rir ou de do. Meu favorito. Ram Jam.


"What can I get you, good lookin'?"

Obama e presidente! God Bless America e que essa super vibe P.L.U.R. continue pelos 4 anos que estao por vir. Ninguem trabalhou na terca, foi Inauguracao online e na TV do bar mais proximo o dia inteiro. Metade da minha familia me escreveu, ligou, mandou telegrama perguntando como tava a emocao por aqui. Tava emotivo, uai. Sai da revista as 5 e cheguei em casa as 7, gracas ao bando de gente nas ruas, e olha que tava frio. Mas no fim das contas, da uma sensacao boa de fazer parte, estar perto desse “capitulo da historia”, como os gringos adoram colocar. So nao vai achar que pode sair com chapeu da Aretha nas ruas porque o negocio nao ta TAO liberal assim, ainda.

Ta bonito!
Nao esqueci que amanha e aniversario da minha querida Sao Paulo, que fica sem a acentuacao certa por conta do meu teclado yankee. No meu ultimo dia ai, levei o Nate pra conhecer o Sky e a lembranca da Paulista a noite, com as antenas, predios e luzes me mata de saudades toda vez que eu resolvo pensar nela.


Sem parte da letra de 'Sampa' embaixo da foto, please.
Mudando de CEP, em Fevereiro abre a filial Bostonian do House of Blues. Mais um lugar pra ver as bandas que vem visitar os filhos de Harvard. Cut Copy toca em Marco, Lady GaGa no fim do mes. E gracas aos queridos interns da Improper Bostonian, eu agora sei quem e Lady GaGa e qual o single novo da Kelly Clarkson. So nao me rendi a Katy Perry, obrigada.


Parte Ziggy Stardust, parte Donatella Versace.

Falando em musica. A mania do momento e checar o Coachella.com pra ver se saiu o line-up. Mas vou guardar esse assunto pra mais tarde, porque vai render posts no TWM - e como vai.

Falando em obsessao. A da semana passada foi escutar “The Fear” da Lily Allen no repeat, pensar em cortar a franja no repeat, e hesitar no repeat. Ai chegou essa semana e eu fui novamente distraida pelos meninos do Passion Pit. E virou obsessao, Chunk of Change nonstop. Eles, alem de serem meus quase-vizinhos (exagero, eles moram em Cambridge, do outro lado do rio), estudam na mesma faculdade onde ano passado eu aprendi sobre Punk Rock, a Emerson College. Orgulho!

Passion Pit toca aqui no comecinho de Fevereiro, logo depois de lotar o Bowery Ballroom em NY. Consegui convencer meu editor a me deixar escrever sobre eles, ao inves da carreira solo country do vocalista do Hootie & The Blowfish (??), entao publico o textinho aqui mais tarde. Ha uma remota chance de eu conseguir ingressos pela revista, feito ainda inedito, vou torcer.

"- come on dude, give me back my glasses"

Aqui, o video de “Sleepyhead”, que entrou pra lista dos 40 Melhores de 2008, pelo Pitchfork:



So nao esquece que eu avisei que VICIA.

1 comment:

Angel said...

E eu já não aguento mais levar tanto susto no fórum de rumores do Coachella...

Acredito que será a edição mais indie B de todos os tempos.