Friday, December 19, 2008

White Winter Hymnal

Eu tava quaaase conformada a nao postar mais nada ate o ano que vem. Porque a inspiracao foi pro ralo ha um tempinho, e eu achei que talvez em 2009 ela pudesse voltar.

Mas ai chegou essa sexta sem trabalho, com arvore de natal linda na sala, lista de presentes em dia e tempestade de neve la fora pra completer. E aconteceu: o espirito natalino me pegou. Entao decidi botar os comentarios sobre esse ano que passou no papel, e ficar com a consciencia tranquila de que afinal de contas eu nao sou aquele tipo de pessoa que abandona os proprios projetos.

Alem do clima natalino e da chutada de balde com chocolate chip pancakes pro café da manha de hoje, outra coisa me deixou meio emocionada, meio orgulhosa: o Pitchfork elegeu nao so o album, mas tambem o EP dos Fleet Foxes como melhores de 2008. Pronto. Depois de posts, fotos e videos no TWM, eu sei que nao preciso dizer mais nada sobre Robin Pecknold e a sua humilde Seattle band.



O Pitchfork tambem abriu vagas de internship em Chicago e Brooklyn, NY. Mas enquanto eu moro em Boston sem previsao de mudanca, arrumei a minha propria internship na Improper Bostonian, revista bacana e famosinha da cidade. Acabei ficando responsavel pelo calendario de bandas que tocam aqui e a cada duas semanas, um mini textinho sobre a banda que eu escolho e publicado. Aqui, os meus favoritos – ate agora, porque semana que vem tem Raveonettes, hohoho.




Neil Young!


Of Montreal!

Falando em Pitchfork e seus devotos seguidores, a minha radio favorita, Left of Center na Sirius Satellite Radio passou por uma reforma. Quando a Sirius e a XM (outra radio via satellite) se uniram, o nome do canal mudou pra Sirius XMU, e muita gente ficou bravinha. Entre pequenas mudancas, o Hipster Runoff foi convidado a ter seu proprio show, que acontece as segundas a tarde. O legal do programa dele e que, ao contrario da programacao normal da XMU, ele toca todas as tendencias eletronicas que eu dificilmente escuto por aqui. Assim eu fico porrr dentro e quando for visitar a turma em SP nao passo vergonha.

Nao da pra falar de 2008 sem citar o Coachella e a minha primeira vez num festival desses. Outro dia a gente resolveu assistir a todos os videos dos shows de novo, meses depois da nossa ida a California, e emocionou. Ja vi que e melhor guardar $ pra abril de 2009.





Mudando de assunto, esse tambem foi o ano em que eu alcancei todo mundo em LOST, e to contando os minutos pra proxima temporada em Janeiro. Alem desse vicio, tambem virei fa de Gossip Girl e ando desconfiada que eu so assisto os episodios pra matar as saudades do Chuck B(ad)ass. Definitivamente, a melhor aquisicao eletronica do ano foi mesmo o meu DVR. Gracas a ele eu acompanhei America’s Next Top Model, Stylista, Project Runway, The Hills, e outras perdas de tempo do genero. Fierce.


Pra fechar, o cover muuito legal do Bon Iver pra "Your Love" do Outfield. A gente citou Bon Iver la atras, quando so a Sirius tocava. O show da banda foi um dos mais gostosos de assistir do ano. E olha que teve show em 2008, hein.






Obs: eu, ao contrario dos meus Bostonian buddys, CANTO.


Fico por aqui porque ja ta batendo a preguica de escrever de novo, acho que e a falta de (mais) assunto. Sorte sua, esse post tava ficando comprido demais.

Have yourself a merry little Christmas!
(little porque Christmas demais enche a paciencia)

Thais


1 comment:

Angel said...

Ihhh..

Eu li essa revista no Central Park e, simplesmente, descobri tudo de NY..... rs!!!!!!