Sunday, July 08, 2007

Modern Love


E foi assim que eu me apaixonei por ele, circa 1986. Eu, piveta, imitando a Jennifer Connely no jardim da minha casa, ele vestindo calcas mega justas e usando maquiagem. Sem contar a peruca que a gente nao comenta, porque era um charme, obvio.
Eu acredito que uma grande parte da minha personalidade foi moldada nessa epoca, quando eu virei fa obsessiva de "Labirinto". E eu so tinha 4 anos.
Ate o final dos anos 80 eu lembro de escutar meu pai tocando "Let's Dance" ou "China Girl" na sala, apesar de "Magic Dance" ainda ser a minha favorita. E passados os anos 90 e sua onda popero (quando todos os adolescentes foram hipnotizados pela Nicky French), eu fui atras do Bowie mais bacana, mais maluco: o Bowie-Ziggy Stardust e suas Spiders from Mars. Nessa altura, a psicodelia da fase Bowie que eu acompanhava combinava com os meus anos psicodelicos nas raves trance por ai. E quando eu menos achava que ia reencontrar minha paixao antiga, dei de cara com o remix de "Rebel Rebel" que o meu amigo Lipe Forbes tocou numa festa qualquer, e as portas do rock and roll se abriram novamente.
Nao conheco alguem que nao respeite David Bowie, ou que nao reconheca que as suas fases camaleonicas sao MUITO mais legais que qualquer uma que a Madonna ja inventou. Sem contar que enquanto ele descobria o Arcade Fire e quebrava as pernas de todo mundo com a versao conjunta de "Wake Up", ela provavelmente se arrependia de ter beijado a Britney Spears.
Essa semana o Kendall Square, o cinema alternativo de Cambridge, vai passar "Labirinto" pra quem quiser matar as saudades. E eu vou levar o Hayden - 4 anos de idade, viciado em Spider Man - pra ver que escalar predios nao e nada quando voce e o rei dos duendes. A trilha sonora vem em seguida ;)

2 comments:

João Madrid said...

Ual que relato legal rs. Eu tambem tive Labirinto como um forte fator influente na minha vida. Quem nao respeita Bowie merece a guilhotina. Certeza.

Sabe que acompanho e estou adorando o Blog.

beijos.

Bean said...

qu engraçado vc escrever sobre isso.
minha irmã mais nova não curte rock, nem passou por uma fase gótico-glam, mas... era completamente apaixonada pelo David Bowie só por causa desse filme. O mais engraçado é que ela nunca se interessou por ele fora do filme, nunca quis ouvir um cd dele sequer. =)
meninas!